Semáforos potenciados por IA podem acabar com engarrafamentos.

O sistema usa métodos de Deep Learning (ver conceito na nossa biblioteca /Inteligência Artificial – Visão Computacional/Alguns Conceitos), lê imagens de câmaras ao vivo e adapta as luzes para compensar, mantendo o tráfego fluído e reduzindo o congestionamento.

Em testes, o sistema superou significativamente todos os outros métodos, que normalmente dependem de transições de fase manualmente concebidas. Como a IA "vê" um elevado volume de tráfego antes dos carros passarem pelos semáforos e tomar a sua decisão, torna-se então mais responsivo e pode reagir mais rapidamente.

O programa pode ser configurado para visualizar qualquer junção de tráfego - real ou simulada - e aprender de forma autónoma. O sistema de recompensas pode ser manipulado, por exemplo, para incentivar o programa a permitir que os veículos de emergência passem rapidamente. Mas o programa ensina-se sempre a si próprio, em vez de ser programado com instruções específicas.

Os investigadores esperam começar a testar o seu sistema em estradas reais este ano.